Sol em Virgem; devotar-me ao meu Ser Perfeito

signo virgem astrologiaNós somos seres intensos, densos, em contínua transformação, questionadores e sensíveis. A nossa intensidade é presente no elemento energético e mágico que nós chamamos Fogo; por assemelhar-se, como ação, ao fogo, produzido pela natureza. Concentrados nesse Elemento alquímico, nós nos tornamos capazes de agir, de nos concentrar nas nossas ações ao ponto de nos transformamos nelas e, por fim, elas adquirirem a força de transformar o nosso Ser em Luz. 

Essa operação mágica e mística acontece em um espaço-tempo que chamamos de corpo, densidade de energia em um movimento de vórtice. No Elemento Terra nós somos “espaço- tempo” visível, quer dizer, forma, o que nós chamamos de vida. Nesse “lugar” mágico e alquímico conhecemos na matéria a força do Dharma, ação luminosa individual cósmica. Uma experiência energética densa e intensa, questionada, comunicada e inspirada no reconhecimento do outro fora de mim.  

No Ar ouvimos o Som e pronunciamos o Som do ser Magia! Por fim, todo esse caminho luminoso construído desde o amanhecer do Sol ao anoitecer do esclarecimento, é banhado de emoções, sentimentos, lágrimas e risos, dores e ternuras, movimentos e fluxos de memórias terráqueas, que desde de sempre alimentam a vida desse planeta. O Elemento Água é que nos torna sensíveis à inteligência Divina.

O Movimento energético Zodiacal de Virgem é a experiência intensa e densa desta Magia individual de quem sou eu. Nela acontece a grande noite Alquímica de transformação do que era puro Fogo intenso, em densas gotas de luz das quais conheço o nome, ou seja, os detalhes da força arquetípica de cada uma. O movimento energético caracterizado pela energia chamada mutável, ou, transformante, Virgem, é um espaço-tempo onde eu faço a experiência de uma escolha sem retorno. A escolha da busca!

Em Virgem nós nos devotamos em um movimento determinado e detalhado à busca do que sabemos que somos: PERFEITOS, consciência-ciência, intensidade generosa e genuína do Poder da Mente, vivenciado na energia Leonina. Buscar a densidade-forma perfeita desse PODER CO-CRIADOR, co-gerador de vida e de luz. Uma busca que não tem alento, nem desculpas e nem descanso, tão magistralmente descrito pelo mito-arquétipo de Deméter, mãe de Perséfone, que desiste de tudo que é, para se devotar para sempre à busca da própria filha. 

Não tem riqueza que vale a pena, não tem beleza que vale a pena, não tem reino que vale a pena, se não a busca pelo amor da sua vida de mãe: a filha, Perséfone. DEVOÇÃO. O elemento Terra, a experiência do vórtice energético denso, é a força Mágica da devoção alquímica à nossa existência energética. Um movimento que cria uma “Era espaço- temporal”, que somos nós. Essa é a total plena e completa devoção virginiana: dar densidade apropriada, perfeita, a tanto poder divino. 

Virgem, na Astrologia Ocidental Tropical, é o tempo-espaço do outono, a colheita e a valorização das sementes. A delicadeza e o detalhe na escolha de cada semente, feita pelo olhar sábio e devoto do semeador. É o mito-símbolo esclarecedor dessa devoção a busca do PERFEITO ser quem nós somos. As mãos empenhadas da cor de terra, que já não se limpam, devido a tanta devoção ao recolher as sementes, separá-las, guardá-las e catalogá-las. Uma busca incessante para uma escolha perfeita.

Em Virgem nós nos tornamos MÃE consciente e exigente do nosso Sol-Energia-Poder-Sol, buscando detalhadamente a densidade justa e perfeita, para Ser o que nós sabemos que somos. Então porque tanta devoção, tanta delicadeza mágica e alquímica para Sermos manifestos e vistos? Alguém está vindo ao nosso encontro, lá no novo Leste, em um novo Horizonte. O Horizonte antes desconhecido e agora deslumbrado no amanhecer de Libra. Portal do Amor perfeito para ser para com o outro QUEM EU SEI QUE SOU.

 

O Arcano

Blogs

Interatividade

Siga-nos

Apertura de cuenta bet365.es