O Samadhi é free

samandhiImagine um violista preparando-se para o espetáculo. Primeiro ele se concentra profundamente em sua tarefa, penetrando conscientemente o violino e projetando firme o seu som. Depois, esse mesmo jovem se esquece da técnica e flui perfeitamente nas notas propostas.  Quando, de repente, por um momento, é capaz de compreender o que vivência e se torna consciente dessa fusão;  o nosso jovem rapaz está em “Samadhi.”

Percebem que não precisamos de fadas, rituais, iniciações e iluminações para tanto? Entendem que esse potencial está completamente disponível para nós e não é preciso piruetas espirituais para vivencia-lo? Pode ser que você tenha acreditado durante todo esse tempo numa visão capitalista do Samadhi, como se fosse algo para poucos merecedores ou mesmo inatingível nessa vida, portanto, será nossa tarefa desmistifica-lo.

O Shamadi, ou nirvana e iluminação, se dá a partir do processo de meditação. A história do violinista retrata bem esse contexto : primeiro o Dharana (Concentração); depois o Dhyana (Meditação) e por último o Samadhi (experiência profunda de reconexão).  Esses estados são de natureza integrativa, o pulo do gato é identificá-los e utilizá-los com maestria.

Todo esse trabalho nada mais é do que o controle e superação das suas ondas mentais, é o aproveitamento pleno do veículo de teletransporte mais avançado do universo: a Mente. A mente é a sua nave de transporte intergalático. É ela que possibilita viagens no tempo, no espaço e te leva aos céus e aos infernos mais profundos. Você entende como ela funciona? Sabe como conduzir esse veículo ou anda por aí dirigindo pelo acostamento? Por hora, saiba que a mente tem natureza automática, de movimento e sempre contrastante. Por isso, amigos, é de sua intrínseca função; PENSAR. Então, acalme-se, eu sei que deu errado quando te falaram que a meta era não pensar durante a meditação. Isso nunca irá acontecer, é uma falácia muito ligada ao ego espiritual. Não importa se estiver em Samadhi ou comendo no pitdog da esquina, lembre-se:  a sua mente sempre estará pensando.

Vamos entender mais sobre meditação e esse veículo nos próximos artigos. Falaremos de sua natureza, funcionamento e pleno aproveitamento. E esteja certo de que você não deveria estar em nenhum outro lugar senão aqui nesse planeta. Tenha a convicção de que a sua existência tem como função trazer o céu para a terra, não o contrário. A realidade é a maior loucura que você experimentará, fugir só trará vazio e repetição de velhos padrões. Permita-se ser Deus!

 

“Liberdade, soberania e autonomia”   

Kundalini Yoga

 

O Arcano

Blogs

Interatividade

Siga-nos

Apertura de cuenta bet365.es